Cinco coisas que devemos fazer antes de morrer e não se arrempender

Veja os cinco maiores arrependimentos daqueles que estão para morrer

Quero compartilhar o link que li no Folha.com esta semana achei muito interessante    http://folha.com/no1046241 

Uma enfermeira australiana, Bronnie Ware, a qual lançou recentemente um livro sobre suas experiências com pacientes terminais, pessoas sem chance de se recuperar das doenças e que sabiam que poderiam morrer a qualquer momento. Ela listou os cinco arrependimentos mais comuns das pessoas à beira da morte:

1. Eu gostaria de ter tido a coragem de viver a vida que eu quisesse, não a vida que os outros esperavam que eu vivesse

2. Eu gostaria de não ter trabalhado tanto

3. Eu queria ter tido a coragem de expressar meus sentimentos

4. Eu gostaria de ter ficado em contato com os meus amigos

5. Eu gostaria de ter me permitido ser mais feliz

 

Não acredito que exista a “fórmula mágica da felicidade”, mas essas duas listas parecem ser realmente universais. E você, se fosse incluir algo na sua lista da felicidade, o que colocaria?

E se morresse hoje, que assunto ficaria mal resolvido?

  1. Relacionamento: ser um participante ativo em muitas redes de relacionamento (chamadas de “comunidades”) tanto sociais quanto profissionais.
  2. Alto nível de empatia: ou seja, não ser apenas um participante ativo das redes de relacionamento, mas relacionar-se com as pessoas dessas redes de maneira construtiva e positiva.
  3. Alto nível de expressão pessoal: música, pintura, oratória e literatura são as principais.
  4. Gratidão e doação: agradecer pelo que se tem e dar de volta, ajudando a quem precisa.
  5. Crença: articular e acreditar que existe uma missão maior na sua vida.

 

 

 

 

14 Coisas Sobre Amor que Podemos  Aprender com Cães.

Os cachorros nos ensinam lições valiosas todos os dias – mas, como eles não falam, muitas vezes esses ensinamentos passam despercebidos: é preciso sensibilidade para captar; é preciso enxergar além das orelhinhas caídas ou do fucinho molhado. E esse é um dos motivos pelos quais nunca dei muito crédito para pessoas que dizem  não gostar de cães. Pensando nisso, montamos uma lista de coisas sobre amor que deveríamos aprender com eles:

1 – Deixe que as pessoas o toquem – mas somente aquelas em quem você confia.

2- Ame intensamente, mas não espere coisas em troca.

3- Cuide e proteja aqueles que ama.

4- Perceba o valor das coisas simples – um beijo, um passeio, um dia de sol.

5- Use seus sentidos para conhecer alguém verdadeiramente e tire conclusões baseadas em suas ações, invés de palavras: palavras são facilmente manipuladas.

6-…

 

 

 

http://www.casalsemvergonha.com.br/2011/08/18/13-coisas-sobre-amor-que-podemos-aprender-com-caes/

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s